sábado, 16 de abril de 2011

True Love - Cap. 10

Acordei com o despertador. Esqueci de desativar essa merda. Droga! Fui desligá-lo e ele não parou de tocar. Olhei e era meu celular que estava tocando.
V: Alô? - falei com voz de sono.
JB: Sua voz fica sexy assim. - riu.
V: Ai tolo! - ri com ele.
JB: Bom dia flor do meu dia.
V: Bom dia amor.
JB: Só te liguei pra falar que te amo.
V: Você me acordou sabia? - ri - E eu também te amo.
JB: Desculpa amor. - riu.
V: Tá desculpado!
JB: Bom, quero te apresentar pra minha mãe. Hoje depois do almoço, lá pelas 13h15. Aí eu passo pra te pegar.
V: Hmmm, me pegar.
JB: Olha só agora quem é a safada! - riu.
V: Nem sou nada.
JB: É sim! Sua teimosa!
V: Você que me influência ok? - rimos.
JB: Nem influencio nada!
V: Sim, influência sim, senhor Drew.
JB: Olha só! Me chamando pelo nome do meio! - resmungou.
V: Tolo! - ri - Bom, até mais tarde.
JB: Até. E bom dia novamente.
V: Bom dia. - ri - Eu te amo. Beijos.
JB: Eu te amo mais. - isso me fez sorrir - Beijo, Tchau. - desligamos.
Me levantei, olhei o relógio. Eram 10h30. Tomei banho, coloquei um short, uma sapatilha e uma blusinha. Ajeitei meu cabelo e desci. Minha mãe já estava fazendo o almoço. Ela é ninja, tá pensando o que? KKK
V: Bom dia mãe.
Mãe: Bom dia Seu Nome.
V: Vou sair com o Justin hoje tá? Depois do almoço.
Mãe: Ok, mas antes eu quero falar com ele sobre aquela tal viagem.
V: Tudo bem.
Fui até a sala, sentei no sofá e liguei a TV. Nem percebi, mas logo minha mãe me chamou pra almoçar. Sentamos na mesa e eu decidi tocar no assunto sobre o papai.
V: Mãe...
Mãe: Sim? - me olhou.
V: Então... O papai mora nos EUA não é? Então! Enquanto eu estiver lá, eu posso ficar com ele. Se eu for, é claro. - sorri.
Mãe: É uma boa idéia! Você não vê seu pai faz tempo, mas mesmo assim eu ainda quero falar com ele sobre isso.
V: Então, você deixa? - sorri de orelha à orelha.
Mãe: Sim! Claro que sim.
V: Awwwn mãe! Obrigada! Eu te amo. - abracei-a e beijei-a - Muito. Demais! Sem você eu não viveria.
Mãe: Mas com uma condição. - riu.
V: Qualquer uma! - sentei.
Mãe: Você tem que me ligar todos os dias. Vou sentir sua falta. - me olhou e parecia que ela segurava as lágrimas.
V: Awwn mãe! É claro que eu ligo. - levantei e abracei-a - Vou sentir muito a sua falta também. Vou ligar várias vezes, quantas vezes for preciso. - sorri.
Mãe: Tudo bem... Termine seu almoço, daqui a pouco Justin chega. - disfarçou e continuou comendo.

2 comentários:

  1. Posta,Posta,Posta,Posta e ve se nao demora pls


    Primeira a comentar ~dancinha~


    @dudagarbes

    ResponderExcluir